| 
  • If you are citizen of an European Union member nation, you may not use this service unless you are at least 16 years old.

  • You already know Dokkio is an AI-powered assistant to organize & manage your digital files & messages. Very soon, Dokkio will support Outlook as well as One Drive. Check it out today!

View
 

Aula de vídeo - TIC

Page history last edited by PBworks 16 years ago
 
 
 
 
 
 
 
 

 

slide errorPlugin error: That plugin is not available.

 

 

 

YouTube plugin error

 

 

 

 

 
Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Faculdade de Educação
Curso de Graduação a distância em Pedagogia – Licenciatura
Eixo 4 – Educação e Tecnologias da Comunicação e Informação
Professora: Patrícia Alejandra Behar
Aluna: Darlene Sabany
Atividade : Desafio 04

 

 

 

 AULA DE VÍDEO

 

            Com este trabalho pretendemos mostrar uma das inúmeras possibilidades de uso de vídeo como mais uma ferramenta pedagógica. Segundo Moran :
 
Finalmente o vídeo está chegando à sala de aula. E dele se esperam, como em tecnologias anteriores, soluções imediatas para os problemas crônicos do ensino-aprendizagem. O vídeo ajuda a um bom professor, atrai os alunos, mas não modifica substancialmente a relação pedagógica. Aproxima a sala de aula do cotidiano, das linguagens de aprendizagem e comunicação da sociedade urbana, mas também introduz novas questões no processo educacional.O vídeo está umbilicalmente ligado à televisão e a um contexto de lazer, e entretenimento, que passa imperceptivelmente para a sala de aula. Vídeo, na cabeça dos alunos, significa descanso e não "aula", o que modifica a postura, as expectativas em relação ao seu uso. Precisamos aproveitar essa expectativa positiva para atrair o aluno para os assuntos do nosso planejamento pedagógico. Mas ao mesmo tempo, saber que necessitamos prestar atenção para estabelecer novas pontes entre o vídeo e as outras dinâmicas da aula.
 
 
                Para a realização da aula em uma turma de C10 (1º ano) escolhemos um vídeo informativo sobre O ciclo do dia. Como proposta de utilização, vamos trabalhar com o vídeo como simulação e como conteúdo de ensino. Estas propostas são assim definidas por Moran:
 
Vídeo como SIMULAÇÃO-É uma ilustração mais sofisticada. O vídeo pode simular experiências de química que seriam perigosas em laboratório ou que exigiriam muito tempo e recursos. Um vídeo pode mostrar o crescimento acelerado de uma planta, de uma árvore -da semente até a maturidade- em poucos segundos. Vídeo como CONTEÚDO DE ENSINO -Vídeo que mostra determinado assunto, de forma direta ou indireta. De forma direta, quando informa sobre um tema específico orientando a sua interpretação. De forma indireta, quando mostra um tema, permitindo abordagens múltiplas, interdisciplinares. 
 
 
 
 
Desenvolvimento da aula:
 
 
 
  1. Antes de exibir o vídeo fazer as seguintes perguntas e anotar as respostas:
 
a)      De onde vem o dia e a noite ?
b)      Por que temos dia e noite?
c)      O que fazemos à noite?
 
  1. Durante a exibição pedir que os alunos observem para responder as seguintes perguntas:
 
a)      Quantos personagens aparecem no vídeo? Quais são eles?
b)      Que período é : dia ou noite?
c)      O que eles estão fazendo?
 
  1. Depois da exibição :
 
a)      Solicitar que os alunos respondam as perguntas e façam comentários sobre o vídeo. Se houver algum comentário sobre o dia e a noite questionar os alunos, chamando a atenção para este assunto.
b)      Pedir que os alunos assistam o vídeo novamente e respondam:
Por que nós temos o dia e a noite?
O que é movimento de rotação?
O que é movimento de translação?
Quanto tempo leva para a  terra dar uma volta em torno dela mesma? E em torno do sol?
c)      Durante esta segunda exibição, o vídeo será parado cada vez que aparecer uma explicação das solicitadas nas perguntas. Após será feita a leitura das perguntas para que os alunos possam dar as respostas.
 
  1. Avaliação do vídeo:
 
Como são alunos pequenos será apenas perguntado:
a)      Vocês gostaram ou não do vídeo?
b)      O que vocês mais gostaram ?
c)      O que vocês mudariam no vídeo ?
 
 
 
  1. Atividades finais:
 
a)      Quando os alunos conseguirem compreender como se realiza o dia e a noite, solicitar que eles expliquem para a Kika o que eles aprenderam, respondendo a pergunta inicial do vídeo “De onde vêm o dia e a noite?”
b)      Pedir que os alunos façam uma dramatização mostrando os movimentos de rotação e translação.
c)      Pedir que os alunos desenhem como acontece o dia e como acontece a noite.
 
 
 
 
Referência bibliográfica:
 
MORAN, José Manuel. O Vídeo na Sala de Aula .Artigo publicado na revista Comunicação & Educação. São Paulo, ECA-Ed. Moderna, [2]: 27 a 35, jan./abr. de 1995.

 

Comments (0)

You don't have permission to comment on this page.